Design Gráfico na Forbes

Jessica Walsh na Forbes

Não é muita novidade o trabalho que a Jessica Walsh vem fazendo. Me lembro quando os trabalhos dela começaram a pipocar no Behance e eu achei bem incrível a forma como ela trabalha com cores e se move entre o digital e o físico, usando o melhor dos dois mundos. Logo depois disso, veio a notícia (junto com a foto mais polêmica dos últimos tempos no mercado de design) que ela havia se tornado sócia do escritório de Stefan Sagmeister. De lá pra cá o nível do trabalho continua o mesmo, senão melhor e de forma justa esse ano ela apareceu na lista ’30 under 30′ de Art & Style Forbes.

O que mais achei incrível na notícia, é que de todos os 30 da lista, ela é a única designer gráfica.
É fato que o papel do designer gráfico tem muito impacto em qualquer negócio, o grande problema é que nem sempre ele tem reconhecimento no mundo empresarial e ver uma designer no mapa de uma das maiores revistas de negócios do mundo, ao meu ver, leva a classe a um patamar incrível.

Em 2014, também vimos o estúdio Colletivo aparecendo bastante na mídia nacional e já foi bem bacana. Acredito que estamos no caminho certo e o mercado de design gráfico, no Brasil, tem sido cada vez mais encarado com a seriedade que é devida. Baita conquista.